4

Longboard carrinho de bebê

Postado em segunda-feira, 24 de junho de 2013

A moda do skate no Brasil e no mundo nunca morre. Acho que tal como no surf que é muito gostoso sentir a água do mar na pele a uma velocidade incrível deve ser também muito gostoso sentir o vento (frio ou quente) de cada região na sua pele no momento em que você não só pratica um esporte, mas faz o que gosta.


Aqui na minha cidade os skatistas tradicionais fazem a festa nas ladeiras que temos, mas algumas já estão movimentadas demais e nem todos tem capacidade intelectual de procurar alternativas, mas acho que pelo fato do skate comum (pequeno eu diria) ser visto como algo tão perigoso reparei que a alguns dias uma galera tem usado um skate mais longo. Tirei foto e coloquei no Google Imagens, descobri que o nome da categoria é ‘Longboard’.


Esse tipo de skate pega mais velocidade (pois acho que a modalidade downhill é velocidade pura) mas ele serve bem para transporte pois é mais robusto (como eu gosto de usar palavras difíceis rsrs). Bem, eu também encontrei não só outras imagens e um pouco da história do Longboard, mas um carrinho de longboard incrível que ainda é conceito, claro, mas na prática já funciona muito bem.
Ele foi criado por Quinny e Sudio Peter van Riet.




Em resumo, o conceito combina o skyte com carrinho e faz com que mesmo tendo um filho (sendo pai e se afastando do mundo do skate) se pode mostrar como é legal andar de skate.

Quem já escreveu

  1. Meu irmão tem um long em casa, ele adora ele. Comprou depois daqueles eventos "Skate na velocidade", e desde então não larga o bicho, a não seri quando ele enjoa e pega o menorzinho pra ficar praticando as manobras aahushaush.
    Eu só acho que se a rodinha travar, vai bebe, com pai, com skte com tudo pro chão, e ai! o meu queixo!
    hahaha
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que ele tenha mais que um skate e usa estes rsrsrs. Quanto a parte de travar a roda, acho que é pouco provável visto que a roda do Longboard é maior do que a roda do skate tradicional, mas sei lá né, nunca andei com ele então não sou a melhor pessoa pra dizer isso.
      Agradeço a visita e comentário Dressa, bjo

      Excluir
  2. Se eu fosse guri não teria coragem de andar com um baby no long hahahaha, ou teria? :x … mas que é interessante isso sim, gostaria de encontrar pelas ruas um papys com seu baby andando de skate *__*


    Con amore, Donna♥

    maybe yellow /Loja

    ResponderExcluir
  3. cara, que animal! Meu filho ia pirar, vou ver se consigo comprar logo um carrinho desses. A dica é ótima e os passeios no Ibirapuera ficarão melhores ainda.

    ResponderExcluir